Ads Top

ROTA- A tão temida tropa especializada de São Paulo !

 A Rota foi criada em 1970 e está instalada no quartel da luz, prédio construído por Ramos de Azevedo e palco de muitos marcos históricos do nosso país, o nome ROTA se dá a abreviação do seu nome completo que é RONDAS OSTENSIVAS TOBIAS DE AGUIAR, dando referência a o então Presidente da Província Rafael Tobias de Aguiar, antigo nome dado ao governador, ele ficou conhecido como fundador da POLICIA MILITAR.


O então chamado Primeiro Batalhão Policial Militar “Tobias De Aguiar” adquiriu o formato atual, pautado na mobilidade e eficácia, a partir de 1970 quando, no contexto da ditadura militar, participou da operação de desmantelamento de um centro de treinamento de guerrilha da VPR atuante no Vale do Ribeira. Apesar de ter sido considerada bem-sucedida, os remanescentes do grupo conseguiram escapar, entre eles Carlos Lamarca e Yoshitane Fujimori, que continuam a militância na capital de São Paulo e na Grande São Paulo; O grupo era acusado de terrorismo pelo regime militar. O Batalhão é reformulado visando o combate à guerrilha urbana. É instalada na sede do “Batalhão Tobias de Aguiar” a central de comunicações com a finalidade de apoiar as viaturas em serviço. As viaturas são equipadas com rádio transceptor para maior agilidade nas Operações da Polícia Militar com a Base Aguiar ou com as viaturas no policiamento; os policiais recebem a boina negra como marca característica. Sob o comando do Ten.-Cel. Salvador D’Aquino o grupo passa a ter o papel de ronda bancária, patrulhamento urbano e tropa de choque para agir onde a polícia comum não tinha condições de fazê-lo. Em 15 de outubro de 1970, passa a denominar-se Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar – ROTA. Uma das primeiras vítimas da ROTAno combate a guerrilha urbana é o cabo PMESP Nelson Martinez Ponce, assassinado ao tentar salvar os passageiros de um onibus em Vila Brasilandia que estavam sendo retirados sob ameaça de armas dos guerrilheiros do MOLIPO em 01 de novembro 1971.


Atualmente a ROTA está sendo acusada mais uma vez em sua história gloriosa, de falsas ocorrências, assassinato entre outras coisas, o valor de cada homem que ostenta seu braçal de ROTA é inestimável, não devemos acreditar no que a mídia nos mostra, e sim nos feitos dessa magnífica instituição. Seu comandante Tenente Coronel, Salvador Modesto Madia, é conhecido por suas ações enérgicas contra a bandidagem o que de fato não deve mudar, devemos parar com a demagogia, parar de acreditar que ladrão tem salvação, e darmos a apoio a policia pois no final das contas é nela quem depositamos nossa fé para podermos continuar vivendo com o mínimo de segurança.
Tecnologia do Blogger.