Ads Top

Projeto ‘Corredor Verde’ chega a cinco mil árvores plantadas


Iniciativa da Metra reúne, a cada ano, centenas de voluntários para o plantio de mudas de árvores no corredor ABD
  Desde que iniciou o projeto Corredor Verde, em 2008, Metra - empresa que opera o Corredor Metropolitano de Ônibus ABD – comemora no início de julho o plantio de mais de 5 mil árvores ao longo dos 33 Km de corredores exclusivos operados pela empresa. Essa iniciativa torna o trajeto mais agradável, que está com um visual colorido, e promove considerável redução no impacto da emissão de gás carbônico (Co2) na atmosfera.
O corredor de metropolitano ABD da Metra atravessa cinco importantes municípios: São Paulo, Diadema, São Bernardo do Campo, Santo André e Mauá. Até 2008, quando foi iniciado o projeto, a vegetação desse trecho tinha apenas grama rasteira e, eventualmente, algumas espécies de árvores plantadas. Nesse mesmo ano a Metra iniciou o projeto Corredor Verde com um mutirão: colaboradores da empresa, do Grupo ABC, familiares e voluntários das comunidades se reuniram para o plantio de centenas de mudas de árvores nos espaços do corredor de ônibus. Essa iniciativa foi batizada de Corredor Verde e marcou a participação da Metra no “Dia de Fazer a Diferença”, evento que se repete todos os anos e envolve centenas de pessoas. Entre um mutirão e outro, jardineiros contratados pela Metra cuidam da manutenção das árvores com poda, adubagem e conservação.
      O importante marco de mais de 5.000 árvores plantadas vem logo após a celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de Junho),  bem como da realização da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20, no Rio de Janeiro, e do aniversário de 15 anos da Metra - que foi comemorado com um seminário sobre sustentabilidade e mobilidade urbana,  realizado no último dia 26/6.

Redução da poluição nos corredores
O setor de transportes tem sido apontado como uma das principais fontes emissoras de gases de efeito estufa com maior e mais rápido crescimento, cerca de 2,5% ao ano. Segundo a diretora executiva da Metra, Maria Beatriz Setti Braga, a preocupação com o meio ambiente é um dos pilares da empresa: “Nós adotamos uma política de sustentabilidade que vai além do projeto Corredor Verde. Criamos um programa de substituição de parte da frota de ônibus movidos a diesel por modelos híbridos, e trocamos o diesel por biodiesel, além da inclusão de novos trólebus”, afirma Beatriz.
Focada no consumo consciente e reaproveitamento de recursos naturais, a Metra também reduziu, em 25%, o gasto com energia elétrica em dois dos nove terminais, com a troca de iluminação amarela por branca – medida que está sendo implantada nos demais -, e instalou um sistema de tratamento e reuso dos recursos hídricos na garagem localizada em São Bernardo do Campo, que gera uma grande economia de água ao mês.
Há outras ações e projetos, não só ambientais, mas também socioeconômicos que fazem parte da política de sustentabilidade desenvolvida pela Metra, como por exemplo, a coleta seletiva de lixo, que já acontece internamente na garagem e está sendo expandida para todos os Terminais Metropolitanos administrados pela empresa.
Tecnologia do Blogger.