Ads Top

Warrior - Análise



   Galera, dia 4 de Dezembro está chegando, e com isso, o retorno da $uja da música, Ke$ha. Como já é de se esperar, o álbum entrou em circulação nos buracos da internet neste sábado e eu não perdi tempo, e já vim aqui pra analisar. Confiram:

     Ke$ha prometia vir de cara nova neste álbum, com mais rock e etc... É, isso não aconteceu, mas o seu Cock- Pop veio neste álbum e promete conquistar as pistas de dança. Até hoje, as divulgadas oficialmente "C'mon" e "Die Young" não trazem muito deste novo estilo, uma mistura de eletro-pop com dubstep que promete fazer muito sucesso.
     Começamos com a faixa-título do álbum, Warrior, uma das melhores do álbum (a 2ª melhor), em que o Cock-Pop é introduzido de melhor jeito impossível. Depois chegamos às duas músicas já divulgadas previamente, "C'mon" e "Die Young" onde a Ke$ha volta às raizes de "Tik-Tok" e "Take It Off".
     Depois de "Thinking Of You" (uma música confusa que começa rock e logo em seguida vem o pop), Ke$ha vem com uma nova "We R Who We R", agora só em termos de letra, porque a música é mais um exemplo do "Cock-Pop" com um assobio desafinado, que dá um resultado curioso.
     E todo o rock prometido para o álbum vêm em uma faixa, Chamada "Dirty Love" que é uma parceria com o Iggy Pop. A música é divertida e dançante, mas em forma de "pop-rock" que chega a parecer um single da P!nk do "Funhouse".
    Gente, essa música não é lá tão boa, mas "Wonderland" é uma balada. *pausa dramática* (eu não falo mais nada, tirem suas próprias conclusões)
    Apesar do Rock não voltar, a vibe "P!nk" volta em "Only Wanna Dance With You", uma música pop divertida, feita pra meninas de 13 anos pularem na cama ao som de Ke$ha (e pra grudar na sua cabeça também)
    Agora chegamos a parte que todos param e prestam atenção. Por favor, chegamos a "Supernatural", que é sobrenatural. Nunca pensei que uma música dessa seria encontrada no álbum da Ke$ha. A melhor do álbum é mais um exemplo que o "Cock-Pop" veio pra arrasar com tudo, "Supernatural" tem uma pegada Dubstep com notas de piano e um refrão e uma pós-refrão instrumental (desculpem o palavrão) FODÁSTICOS (encerro aqui minha crítica,  pois por ficar com o repeat ligado, não consigo ouvir o resto).

Tecnologia do Blogger.