SAIBA MAIS SOBRE A VACINA CONTRA A GRIPE


Vacinação é prorrogada até o dia 10 de maio
  A Campanha Nacional de Vacinação iniciou na segunda-feira (15) e acontece até o mês de maio em todas as unidades de saúde da capital.  Neste ano, o Ministério da Saúde está imunizando idosos com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, doentes crônicos, índios, presidiários, profissionais de saúde e mulheres no período de até 45 dias após o parto. A vacinação é gratuita.
  O Dr. Paulo Olzon, médico da Escola Paulista de Medicina/UNIFESP e que faz parte do ConsultaClick, sistema de agendamentos online de consultas, explica que as vacinas protegem contra os subtipos de gripe: A (H1N1), A (H3N2) e B. Pessoas que apresentam baixa resistência, câncer e grávidas devem tomar cuidado e procurar um especialista para se orientar.
  Feita com vírus inativo, ela é totalmente segura e tem por objetivo evitar casos graves entre as pessoas que apresentam um maior risco de complicações, como quadros de pneumonia que se instalam após a gripe. O efeito da vacinação é relacionado à produção de anticorpos, que em média se formam após duas semanas.
  “A vacina é apenas uma parte da imunização, a limpeza das mãos e o tratamento da gripe no momento certo são muito importantes. Uma forma de fugir também dos agentes transmissores é evitar o contato com objetos que possam ter secreções de outras pessoas, como os corrimões.” Explica o Dr. Paulo Olzon.

0 comentários