Ads Top

[Resenha]: Renato Russo - O filho da revolução

I.S.B.N.: 9788522009077
Editora: Agir
Categoria: Literatura Nacional / Biografias e Memórias
Edição: 1ª Ed. / 2009
Idioma: Português
Número de Paginas: 400

 Emocionada, com dor no coração e mais fã do que nunca, terminei de ler "Renato Russo - O filho da revolução". O escritor Carlos Marcelo, com base em centenas de entrevistas e pesquisas, narrou a vida do mestre do rock brasileiro. Mesclando fatos históricos ao enredo, em 415 páginas divididas em 7 capítulos, o escritor contou toda a tragetória da vida do cantor e compositor. Do tímido Renato Manfredini Júnior ao expressivo Renato Russo, o escritor focou em cada fase da vida de Renato, desde a sua primeira banda, chamada "Aborto Elétrico", passando pelo "Trovador Solitário", até chegar à Legião Urbana. Outras grandes bandas do cenário do rock nacional também tem grande destaque no livro, como por exemplo Capital Inicial e Paralamas do Sucesso. Plebe Rude, Bitiz, RPM, também são outras bandas que recebem grande importância. 
 Se você é fã do incrível Renato Russo, vai se tornar vinte vezes mais. Se você não é, se tornará! É incrível toda a inteligência, toda a sensibilidade, todo o talento e dom de Renato! A maneira como ele canta, escreve e consegue traduzir em frases lindas, tocantes e verdadeiras, tudo aquilo que sentimos. 
 Renato queria um dia casar, também queria tornar filme "Faroeste Caboclo" ou "Eduardo e Mônica" (músicas de sua autoria). Esses e tantos outros sonhos foram interrompidos no dia 11 de outubro de 1996, quando Renato Manfredini Júnior, diagnosticado com Aids, deixou o país órfão de toda a sua genialidade. Com fotos, entrevistas de amigos, familiares, e até mesmo do próprio Renato, o escritor criado em Brasília, Carlos Marcelo, deixa registrado a vida de um ser humano admirável e digno de orgulho. Do anonimato ao reconhecimento. Do nascimento à morte.
Tecnologia do Blogger.