Enquanto amava...



Escrevia o meu nome com o teu, para ver se combinava.
Escrevia canções, contando um romance que só existia entre os refrões.
E ouvia as canções na rádio, que tanto pareciam terem sido escritas para nós.
Um “nós” que eu havia inventado.

Enquanto amava fazia planos com você todas as noites
e durante elas até chorava.
Enquanto eu te amava, sofria
e na sua frente sorria.
Idealizava uma vida com você

e você... Vivia.

0 comentários