Ads Top

Keep Calm e a "última visualização" não é tão importante assim

WeHeartIt

Vivemos em uma geração onde conversas longas no portão de casa viraram madrugadas sem fim no chat do Facebook, cartões postais foram substituídos pela melhor foto cheia de efeitos no Instagram e "Passa seu telefone?" virou "Tem Whats?". É, aconteceu e não adianta reclamar porque nada vai voltar a ser como era. 
Não que só por que não tinha tecnologia que tudo era ótimo. Tinha seus problemas, é claro. Pergunte só para sua mãe e ela irá confirmar isso. Não há por que ter um saudosismo tolo por parte daqueles que não vivenciaram aquela época, assim como não há porque reclamarem tanto de hoje sendo que não há como voltar atrás. Hoje somos todos viciados em tecnologias. A maior prova disso é que muitos de nós têm tablets e celulares que fazem exatamente as mesmas coisas e tem exatamente os mesmos aplicativos. Não há lógica alguma nisso.
Embora minha mãe não falasse com as amigas dela como eu falo com as minhas hoje (temos até um grupinho online 24 horas por dia), ela simplesmente tinha certeza que quando ela estava falando com a amiga dela, a amiga dela estava falando com ela e não jogando Perguntados ao mesmo tempo. Isso é realmente chato. 
E quem nunca, quando interessado em alguém e no aguardo de uma resposta, ficou monitorando o status de "última visualização..."? Isso é uma humilhação demais. É uma angústia da pessoa visualizar e não te responder como se só tendo a resposta dessa tal pessoa você é digno de conversa. E tirando que as vezes maldizemos tanto uma pessoa por ela ter visualizado e não ter respondido sendo que talvez ela só não tenha tido tempo de responder. Acontece do professor começar dar aula e a obrigação moral mandar largar o celular, acontece mesmo. 
E sabe qual é o pior de tudo? Só você sofre com essa infeliz da "última visualização". Você fica pensando nisso horas e horas e só você sofre. Não se torture e let it go. Com a tecnologia somos condicionados a pensar cada vez mais em uma coisa e isso é péssimo por que a maioria das coisas boas da vida não devem ser pensadas e sim sentidas. Relaxe e acredite: se ele visualizar e não responder nunca, você vai sobreviver. E entenda: se ele não te respondeu, ele não era cara para você.

Tecnologia do Blogger.