Ads Top

Desabafos #2

Continuação do último desabafo:

Título: Mas tudo o que ela poderia dizer não bastava



 Eu sinceramente achei que eles iriam me apoiar. Mas não o fizeram...
 Minha amiga me disse que não ficaria legal que as pessoas vissem uma pessoa do meu estado com eles. Outro amigo meu me disse para se afastar das pessoas e me isolar do mundo. Depois desse dia, minha concepção sobre o mundo mudou radicalmente.
Hoje sei que confiar em amigos é a maior idiotice que alguém pode fazer. Hoje posso olhar para mim mesma e dizer: “Sua burra, a única amiga da história era você”.
Estou agora deitada sobre a minha cama, pensando, refletindo, vendo o quanto fui burra...
Nos meados de Outono, meu amigo, Otávio, se operou de fimose (imaginem um cara de 18 anos se operando de fimose, tipo, meu Deus como deve ser vergonhoso contar isso as pessoas, principalmente aos amigos). Ele ficou muito triste com aquilo. Chocado e ao mesmo tempo calmo, já que não passaria vergonha quando fosse transar com a sua namorada futuramente (Não, mentira, ele começou a transar dois meses depois da cirurgia, acreditam?) Para encurtar a história, eu fiquei com ele todos os dias depois disso. Comendo chocolate queimado e jogando GTA V. E esse mesmo amigo olhou para mim e me disse: “Quem mandou arranjar esse câncer? Agora se vire...”

E. H. Lewis
Tecnologia do Blogger.