Não fiquem só nos brinquedos


Eu sempre gostei de ler. Sempre, mesmo antes de saber ler. Eu gostava de escutar as histórias que as pessoas me contavam por que sempre passava um filminho na cabeça e isso me deixava fascinada. Bem, até hoje passa o tal filminho na minha cabeça e até hoje isso me fascina. Talvez o tal filminho que tenha sido o motivo para que eu tenha começado a escrever tão cedo e ver o mundo da maneira que eu vejo. 
A questão é: ninguém mais parece se importar com os livros para crianças ou com o fato das crianças lerem muito ou não. Querem muito que elas saibam o que há por trás de um tablet ou de um smart phone enquanto os livros infantis estão cada vez mais em desuso. O que falta entender é que um livro infantil é capaz de mudar a maneira que uma geração toda pensa. Não adianta cobrar que os adolescentes ou adultos leiam mais sendo que quando crianças eles nunca tiveram contato com os livros. 
Neste dia das crianças, por mais que brinquedos sejam legais, não fiquem só nisso: junto com os brinquedos, deem um livro e mudem um pouquinho do mundo.

0 comentários

Muito obrigado pelo seu comentário! Não deixe de curtir as nossas redes sociais para não perder nenhum conteúdo!!