Ads Top

Dia mundial de combate a AIDS



1° de dezembro, tudo para ser um dia normal, mas graças a uma decisão da Assembléia Mundial de Saúde, com apoio da ONU, desde 1987 esse dia passou a ter um motivo "especial", a data serve para reforçar a solidariedade, compaixão, tolerância e compreensão com pessoas portadoras da AIDS. A data passou a ser adotada aqui no Brasil, no ano seguinte da aprovação, 1988.

A AIDS é uma doença que ataca o sistema imunológico do homem, permitindo que seu organismo fique fragilizado, podendo se contaminar com o vírus de outras doenças. O vírus responsável pela doença, é o HIV (vírus humano da imunodeficiência), fazendo com que, infelizmente, a AIDS fique em 4° lugar das doenças que causam mais mortes no mundo. E a melhor coisa, é que há tratamento para a doença. É uma terapia com os chamados "antirretrovirais", que proporciona melhor qualidade de vida aos pacientes. É bom relembrar que a doença não é transmitida por um simples toque, por beijos ou por viver no mesmo ambiente que um "portador", e sim por relações sexuais sem camisinha, ou entrando em contato com o sangue da pessoa.



O dia mundial de combate, é para tentar diminuir a discriminação e preconceito com as pessoas portadoras do vírus. O principal objetivo do sistema de saúde no Brasil, que ja encontrou um modelo de tratamento para AIDS, considerado exemplo para o mundo, agora é preciso encontrar uma maneira de diminuir o preconceito, e nada como o dia mundial de combate a AIDS para tentar fazer com que isso diminua cada vez mais. Porque a vida é mais forte que a AIDS.
Tecnologia do Blogger.