Ads Top

Eu tenho tempo


Observei a lua pela última vez naquela noite. Senti meu coração palpitar, e minhas mãos suarem. Já deveria ser tarde, mas eu não conseguia dormir. A luz das estrelas me atraia, me enchia de uma esperança inexplicável. Enquanto a saudade sufocava meu peito, senti mais lágrimas escaparem por meus olhos molhando a gola de meu vestido fino.

A janela parecia pedir para ser fechada, os ventos de repente ousaram em seu balanço forte. E o frio congelou meu rosto. Mas eu permanecia estática. Sem ousar olhar novamente para a maior estrela da noite, eu fitava meus olhos em uma qualquer. Na vã tentativa de afastar os pensamentos atordoantes, porém o máximo que eu conseguia era traze-los para mais perto de mim. Conclui que não adianta fugir de nada nessa vida, se não consegue resolver, espero o tempo certo e deixe ir. Às vezes o sofrimento não é somente opcional, mas necessário. Ninguém saí da fossa de uma hora para outra. Como qualquer cirurgia o fim de um relacionamento que teve como base o amor, precisa de um tempo de recuperação. 

Esquecer é difícil, mas não impossível, muito menos automático. Dezenas de vezes precisamos ouvir a mesma canção para desistir dela, até adicionar uma nova em seu momento preciso. Esses são só alguns mistérios da vida que estão presentes na “novela” do amor. Pobre é quem tenta entender toda a trama. Mas se há alguma coisa que tenho certeza é que tenho todo o direito de parar um pouco no tempo, e esperar a tempestade passar. Ouvir a música que quiser por repetidas vezes, e derramar quantas lágrimas for preciso. É preciso entender que da mesma forma que demorou acontecer, irá demorar para desvanecer. 

Posso ser dona das minhas escolhas e tenho o dever de arcar com as consequências delas. Todavia, tudo requer tempo. Meu coração, principalmente. Ele é teimoso, ousado, e louco também. Mas vou fazer o quê? Ele é meu, tenho que aceitar e conviver com isso. Sim, usando de mais razão para evitar machucados, porém essa tática na prática nunca funciona, também tenho que conviver com isso, e... viver meu momento. Seja amargo, doloroso, enfim... Eu tenho tempo.


Tecnologia do Blogger.