Ads Top

Por quanto tempo vou te amar?



Por quanto tempo vou te amar?


             Uma pergunta muito interessante, devo admitir. Fez-me ficar pensativo, calmo, procurando lá dentro do meu coração um sentimento forte o suficiente para argumentar a minha resposta. Lembrei-me de quando nos conhecemos, de quando me entorpeci de algo muito paralisante assim que meus olhos contemplaram os seus. Não foi amor à primeira vista, pois não acredito na fugacidade do amor, ao contrário, preservo o conceito de que este é um sentimento que deve ser construído a dois, e que leva muito tempo para se formar e ficar inteiro. Trago de volta tudo que senti naquele dia e do que ainda sinto hoje, para responder a esta pergunta.

             "Vou te amar por tanto tempo quanto as estrelas estejam acima de você", digo isso por acreditar que nossa relação vai muito além de dias cotidianos, muito além de um "bom dia, boa tarde ou boa noite" mal dado, muito além de um sair sem falar com o outro por conta de todos os compromissos da vida - mas, felizmente, isso não acontece conosco, uma vez que encontramos tempo para compartilhar de nosso amor como uma só carne, pois priorizamos um ao outro ao invés de nós mesmos individualmente.

             "Vou te amar por tanto tempo quanto as estações precisam seguir seus planos", já percebeu que elas sabem que dependem uma das outras para continuar? O outono só aparece quando o verão se despede das cidades e desaparece, caso fosse egoísta ao ponto de passar mais tempo esquentando o mar e as pessoas, o outono jamais chegaria com sua beleza. Assim somos nós, um depende do outro. Um abri mão dos seus maiores desejos e vontades para satisfazer o outro, assim, desta forma uniforme, nosso amor se completa e nos alimenta de uma só vez, de uma só forma, não nos deixando a mercê da fome, pois se um tem a convicção de que o outro abrirá mão, não pensamos duas vezes ao fazê-lo.

             "Vou te amar por tanto tempo quanto o mar esteja encarregado de lavar o areia", "por tanto tempo quanto a eternidade" Não sei se esse texto foi o suficiente para descrever o que sinto por você e como vejo nossa relação, mas saiba que o amor que há em mim nunca se desgastará, mas se renovará todos os dias, até depois do fim. Dê-me a mão, meu amor, e vou te levar para longe de onde estamos, para longe dessas pessoas que nos julga com palavras, que nos desmotiva ao falar que esta relação não vai para frente só pelo simples fato de você ser cega. Você pode não me ver, mas tenho a certeza que me ouve quando falo que "te amo".


Baseado na música "How Long Will I Love You", da Ellie Goulding

Não esqueça de me visitar, hein? 

Tecnologia do Blogger.