Ads Top

Divã A 2

  
Imagem: Divulgação

      A quem diga, que filme nacional não é bom, tem pouco conteúdo e cai na mesma mesmice, mas, alguns filmes, ou uma grande parte deles, já está vindo para tirar essa ideia da cabeça de qualquer brasileiro.

      No entanto o  filme '' Divã a 2''(que não é uma continuação do famoso filme Divã, atuado pela gloriosa Lilia Cabral), traz essa mesma ideia, repetida de comedias nacionais, não quebrando os paradigmas esperados,  que atualmente, estão sendo quebrados pelos filmes nacionais, um exemplo, o filme ''Entre Abelhas'', atuado por Fabio Porchat, é já aclamado e diferenciado de outros.

     O filme traz repetidas ideias, já tratadas em outros filmes do mesmo gênero, conta a historia de um jovem casal, Eduarda( Vanessa Giácomo) e Marcos( Rafael Infante), que em mais uma crise, resolvem se separar e com isso começam a fazer terapia, e é mais ou menos, esse o enredo do filme todo, Eduarda, a tipica '' certinha'', totalmente sem tempo, começa a sair com um novo cara, que é apresentado pela sua melhor amiga, Isabel(Fernanda Paes Leme) , que já é totalmente diferente da mesma, sendo exageradamente ''descolada'' , enfim, Eduarda começa um relacionamento com o Leo( Marcelo Serrado) já Marcos, que pelo motivo de ter casado cedo, não aproveitou tal época, é influenciado pelos amigos, a viver em baladas, bebendo e '' galinhando'', alais, os amigos do mesmo, também tem caricatura muito exagerada de adulto irresponsável, igualmente, a Isabel.


       As repetidas narrações em off, acaba por torna o filme um pouco entediante e repetido , o final já obviamente esperado, traça caminhos que já imaginávamos qual desde do inicio e a obra também peca na questão cronológica 

       No entanto, é um filme, que de fato, dar para tirar algumas risadas , e para os mais sensíveis, até algumas lágrimas. Típico para ver em um final de semana, e passar o tempo com a família


Tecnologia do Blogger.