Ads Top

Como convencer seus pais a te deixarem fazer intercâmbio?

Duvidas Intercambio

Se você entrou nesse post com certeza a palavra intercâmbio já te passou a cabeça, ou acabou de passar. Mas é ai! Já sabe como vai convencer seus pais ou responsáveis a te deixarem fazer intercâmbio? Difícil essa pergunta não e mesmo?

Mas enfim, eu moro a 2 anos no Canadá e por mais que eu more com o meu pai, na época não foi tão fácil conseguir que minha mãe me deixasse vir para cá. E é por isso que estou aqui, para tentar te ajudar a conseguir o tão sonhado SIM dos seus responsáveis e abrir as portas do mundo para você.

Antes de mais nada vamos colocar as "cartas sobre a mesa". Você como qualquer jovem vê o mundo como algo muito grande e tão cheio de possibilidades e coisas novas para se ver. Basta entrar em qualquer rede social para ver a quantidade de conhecidos seus viajando tanto dentro quanto fora do Brasil. Não dá para ficar parado.

 Agora a lista de coisas que os pais falam quando você menciona intercâmbio:
  • "E se você se perder?"
  • "E se se machucar?"
  • "E se alguma coisa acontecer e eu não puder ajudar?"
  • "Filha minha é do meu lado e sem mais nem menos!"
  • "Ele vai e ficar por lá mesmo e me esquecer, eu conheço esse aí."
  • "Gringo não respeita brasileiro... Não deixo ir nem pensar."
  • "Pra quê? Já não está estudando inglês ali na esquina? Tá de bom tamanho."
  • "O que esse país tem que o Brasil não tem?"
  • "Já parou para pensar que você vai ficar na casa de outra família? Mamãe não vai está lá não querido."
  • "Não dura um dia sem mim, imagina 6 meses/1 ano."
  • "Sabe nem se virar aqui, imagina em outro país"
  • "Você não passa nem um dia fora de casa, como acha que vai se virar em outro país?"
  • "Vai querer voltar para casa e não vai poder"
  • "Quem vai lavar tuas roupas?"
  • "Isso é coisa da sua cabeça, você tem que estudar e fazer faculdade."
  • "Não! E não quero ouvir mais nenhuma palavra sobre isso."
  • "Quem anda botando essas ideias na sua cabeça?"
  • "Sonhe de acordo com a tua realidade"
  • “Isso e muito caro, sonha mais baixo filha”

Existem muitas outras coisas que seus pais falam ou que passa pela cabeça deles, eu sei disso. Afinal, é difícil deixar o filho ir. A ideia de que ele está crescendo e que uma hora vai morar sozinho(a) é um pesadelo.

Mas e ai! Você quer mesmo um filho na sua cola para sempre? Ele vai ter que crescer isso é um fato. E ficar evitando que ele corra atrás dos sonhos dele, ou manter ele em casa até terminar a faculdade não vai tornar ele uma pessoa melhor, nem vai ser bom para ele.

Primeiro você deve se planejar bem e mostrar a eles que você tem determinação em conseguir o que quer. Eu sei que muitas famílias evitam de deixar os filhos fazerem intercambio por causa do valor. Por isso você deve, junto com eles, colocar tudo na ponta da caneta, o quanto eles ganham, o quanto gastam com escola, aulas de inglês (por exemplo), e despesas básicas. Pesquise diferentes empresas que façam intercambio, mas busque referencias antes, e calcule junto com eles em que você poderia ajudar eles para ganhar mais dinheiro, no que vocês poderiam economizar. Mostre para eles que sua vontade de fazer intercambio não e só “algo da sua cabeça”, mostre que você realmente está correndo atrás e eles vão ficar orgulhosos. Se você perceber mesmo assim que pagar um intercambio vai ser muito difícil, procure por organizações que dão bolsa para você fazer intercâmbio. Isso mesmo, BOLSA DE INTERCAMBIO, ou seja, sem pagar nada.

Se eles acharem que isso e uma besteira, prove a eles que esse dinheiro não é a mesma coisa que pagar uma viagem, isso e um investimento que eles fazem em você, no seu futuro. Vai ser um dinheiro gasto com o seu aprendizado e que vai ser um diferencial enorme no seu futuro profissional. Tente mostrar para eles a vantagens de estudar no exterior para o seu crescimento pessoal e profissional. Mostre a eles que está aberto a conselhos e perguntas. Demonstre que você quer a participação deles ativamente, e não só pagando. Se você já procurou saber mais sobre como foram as experiências de intercambistas, CONTE PARA ELES.

Se o medo deles e que você ainda não esteja preparado, ou que não é maduro o bastante, ou que não é um bom aluno mostre o contrário. Prove para eles que você merece aquilo. Não só em palavras, mas em atitudes. Não custa nada você começar a ser mais responsável nos próximos dias. Se você começar a ter novas atitudes aqui, como ser mais responsável, mostrar que consegue se virar sozinho, ter interesse em aprender coisas de casa, lidar com situações de um modo mais maduro com certeza seus pais vão reconhecer isso, e mais um tópico será eliminado. Faça coisas sem que eles precisem repetir várias vezes, ofereça ajuda mesmo que eles não tenham pedido, se de bem na escola, se esforce muito porque quem não se esforça não consegue.

E além disso, muitas coisas você vai aprender na marra durante o intercambio. Vai por mim, eu era aquele tipo de pessoa que não falava com ninguém, não atendia telefone em casa por não saber o que dizer, nem pegar ônibus sozinha eu pegava, nunca nem marquei um médico. Agora depois de 2 anos no exterior? Eu tive que me virar. Claro que eu tenho minha família aqui, mas eu tive que ir atrás das minhas coisas e ser mais responsável e independente. Agora eu ando mais de ônibus que qualquer coisa, quase não paro em casa. Ok... eu ainda não gosto muito de atender telefone, mas estou perdendo a timidez. Você viu? Não tem como não aprender tendo que se virar na marra em outro pais. E difícil? Sim, mas é com a dificuldade que aprendemos.

Mostre sua vontade de ir estudar em outros países. Não só falando “olha mãe que lindo Londres”, mostre as vantagens do lugar, a segurança, a qualidade de vida, a educação das pessoas. Empresas de intercâmbio dizem que o intercambio é mais indicado para jovens, a partir dos 15 anos. Porem se mesmo você demonstrando ser capaz de ir para o exterior sozinho eles disserem que ainda não está na hora, o melhor a fazer é esperar mesmo.

Um intercambio dura muito tempo, isso não tem como negar. É bastante tempo, e quem mais vai sofrer com isso e a sua família que vai ter que viver a mesma rotina sem você. E isso gera um medo e uma insegurança. Por isso mostre para eles o quão bom isso vai ser para você, por que um dia você não vai morar com eles e cedo ou tarde eles vão ter que lidar com isso. O tempo vai passar rápido. Durante esse tempo longe de casa, conte a eles que vai mantê-los informados, porque o que não falta hoje em dia são recursos, Facebook, Skype, Whatsapp, Viber.

Se nada estiver dando certo mostrem diários de intercâmbio aos seus pais, procurem vídeos de profissionais falando sobre a importância de viver essa experiência, peça para eles conversarem com os pais de alguém que fez ou está fazendo intercâmbio. E leve eles a algumas agências de intercâmbio, para eles tirarem as dúvidas.

Uma das minhas maiores dificuldades de alguém querendo fazer intercambio é convencer os pais. Mas mesmo que seja muito difícil falar com eles sobre isso você não deve desistir, porque sua determinação e o que vai fazer com que eles mudem de ideia.  Se eles verem o quanto isso vai ser importante para a sua vida, tanto pessoal quanto profissional eles vão sentir orgulho de ver você batalhando para conseguir aquilo e vão ter que ceder. Não é um período perdido, intercambio e um investimento para a vida toda.


E aí, vai tentar convence-los agora? Boa sorte, estou torcendo por você.Já tentou? Conte nos comentários como foi.
Espero ter ajudado vocês, se precisarem de alguma coisa sabem onde me achar: Blog, Twitter, Facebook, Instagram, Youtube 
Tecnologia do Blogger.