Ads Top

"Gleepeando no Brasileirão!" - WTC realiza festa de lançamento do Campeonato Brasileiro na capital

CBF, BRASILEIRÃO
Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert

Já começou o Campeonato Brasileiro 2016, e não foi dentro dos gramados não, mas fora dele, em superfesta no glamuroso hotel Sheraton World Trade Center, no bairro do Brooklin, na zona sul de São Paulo-SP. O Portal Gleep esteve por lá no evento, que aconteceu na noite da última quinta-feira (05), e pôde conferir, na íntegra, o que de melhor rolou no lançamento da principal competição de futebol do país pentacampeão mundial.    

Organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), entidade que administra e cuida de todos os acontecimentos relacionados ao esporte das quatro linhas no Brasil, a badalada festa reuniu dirigentes, jogadores, ex-atletas e ídolos da modalidade, que desfilaram em tapete vermelho para a imprensa, que os entrevistou antes do lançamento do Brasileirão. No “Oscar de Abertura” do futebol brasileiro, foram homenageados clubes como o Corinthians, atual campeão nacional, e personagens do mundo da bola, que contribuem e, até, contribuíram para a história do nosso esporte.   

Vai pensando que nós do Gleep não tiramos aquela “lasquinha” do que rolou nos bastidores da festa de lançamento do Campeonato Brasileiro?! Em conversa com grandes nomes do evento, relembramos suas importâncias para a construção da paixão nacional, explicada pela bola nos pés, e também, procuramos saber o que para eles é ter estilo, se vestindo bem, e estar com a autoestima lá em cima. E vocês, “Gleepers”, só conferem com a gente! ;) 

Campeão por onde passou, Washington, “ex-matador”, ídolo do Atlético Paranaense, que também vestiu a camisa da Seleção Brasileira, acredita que seu sucesso nos gramados aconteceu pelo seguinte: “Em todas as equipes que praticamente passei, acho que pela determinação, pelo trabalho, desenvolver o trabalho, por vontade, sempre colocando o trabalho em primeiro lugar. Sempre honrei minha profissão e respeitei, acima de tudo, a minha profissão”, declarou. “Em todas as equipes sempre fui feliz por causa disso: porque a gente sempre se determinou, sempre foi humilde; a humildade e perseverança dentro do trabalho”, finalizou o ex-atacante. 

CBF, BRASILEIRÃO
Foto: Gustavo Cardoso/Portal Gleep

Ex-jogador de Palmeiras e São Paulo, Juninho Paulista, pentacampeão mundial com o Brasil, atualmente presidente do Ituano F.C., último vencedor do Campeonato Paulista, vê a importância das equipes menores e menos tradicionais, como a dele, de chegarem às finais e brigarem por títulos. Questionado sobre o fato dos “pequenos” contribuírem para “agigantar” nosso futebol, o ex-craque disse: “Eu acho que só valoriza a competição, acho que é importante, não tem a hegemonia só dos grandes. 2014 teve o Ituano, esse ano tem o Audax, e eu acho que com certeza vão surgir outras equipes. O planejamento das equipes do interior está cada vez melhor!”, avaliou.   

CBF, BRASILEIRÃO
Foto: Reprodução/JC Net


Sabe aquela mística do futebol de que um time, sem sua torcida, não tem a devida força em campo? Um exemplo disso é o Tricolor de Juninho, que na atual edição da Taça Libertadores da América, está nas quartas de final, contando com o numeroso apoio de seu torcedor nas arquibancadas do estádio do Morumbi. O Dr. Marco Aurélio Cunha, conselheiro vitalício do São Paulo, e que sabe tudo dos bastidores do clube, opinou sobre o assunto: “Não há nada melhor que torcida, mas quando o treinador fala 'que a torcida vai jogar' eu me preocupo, porque tá faltando alguma coisa no time. A torcida ajuda, mas eu prefiro que ela atrapalhe o adversário do que me emocione demais. Eu quero que ela jogue, no sentido figurado, que ela esteja presente e nos dê confiança. Eu sou apaixonado pela torcida do São Paulo, mas o time de futebol profissional tem que ser ele”, disse. 
CBF, BRASILEIRÃO
Foto: Gustavo Cardoso/Portal Gleep


O ex-atacante Marques, ídolo do Atlético Mineiro, viveu no gramado a emoção de um clássico regional como um “Atlético x Cruzeiro”, um dos maiores não só do Brasil, mas do mundo. O artilheiro do "Galo", com emoção, falou sobre a representatividade dos jogos entre os dois clubes: “Participei de uma época mais bonita, e de repente, mais romântica do futebol, com estádio dividido ao meio. Mas uma vez vejo grandes jogos, aconteceram grandes jogos. Atlético e Cruzeiro, mais uma vez, 'vai' reviver essa grande rivalidade no Campeonato Brasileiro”, contou o “ex-matador”.  
CBF, BRASILEIRÃO
Foto: Gustavo Cardoso/Portal Gleep


Técnico de futebol e, até recentemente, comentarista esportivo na Rede Globo, Falcão, considerado o maior ídolo da história do Internacional, revelou ao Portal Gleep suas próximas expectativas à beira das quatro linhas do gramado: “Neste momento, esperar um pouco. Esperando, evidentemente, uma oportunidade para voltar o mais rápido possível a trabalhar dentro do campo”, declarou o treinador, que no ano passado comandou ao Sport Recife no Brasileirão. 

CBF, BRASILEIRÃO
Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert


E sobre ter estilo e estar bem consigo mesmo?! O que os “donos da bola” disseram pra gente do Portal Gleep? 

Washington - “Principal de tudo é estar bem consigo mesmo, se sentir bem: é acordar de manhã, ver a roupa que vai cair bem, que você vai se sentir à vontade. Independente da roupa, o mais importante é você se sentir bem”.

Juninho Paulista - “É se sentir bem consigo mesmo. Acho que às vezes a gente põe uma roupa e não se sente bem. Independente do estilo, marca, da moda, então acho que você tem que se sentir bem”.  

Dr. Marco Aurélio - “Ser o que eu sou: simples. Me sentir bem com o que eu ponho, sem pensar nos outros, apenas respeitar os ambientes; cada lugar ter uma vestimenta adequada. Mas a minha é uma que me sinto confortável, sem ostentar”. 

Marques - “Ser você mesmo. Hoje eu tô de terno e gravata, mas eu me sinto muito bem com tênis, com terno; é você poder andar à vontade em qualquer lugar e em qualquer ambiente com tranquilidade”. 

Falcão - “É você estar bem por dentro, estar feliz com o que você tem por dentro. A felicidade externa ela reflete, apenas, que você tá bem por dentro”.

Com um total de 20 equipes, o Campeonato Brasileiro começará, oficialmente, neste mês de maio, mantendo sua fórmula de disputa em torno dos “pontos corridos”: os times jogarão entre si em dois turnos e, ao final, o melhor colocado na tabela será o campeão, os quatro melhores se classificação à próxima Copa Libertadores da América, e por fim, os quatro piores serão rebaixados para a "Série B" da competição nacional. Para a edição do Brasileirão 2016, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) trouxe as seguintes novidades: 

Festa de Lançamento do Brasileirão, que será realizada sempre na cidade da casa do atual campeão;
Cerimônia de abertura do Brasileirão, na estreia do atual campeão no campeonato;
Álbum oficial do Brasileirão, em parceria com a Panini;
Música tema do Brasileirão;
Patch para o atual campeão da competição;
Retomada da Festa de Encerramento do Brasileirão;
Novo horário para o campeonato: segunda-feira, às 20h.


Siga-nos nas redes sociais! ;) 
Tecnologia do Blogger.