#OMG: Cauã Reymond aparece irreconhecível como Clara em videoclipe



Cauã Reymond
é um ótimo ator, isso nós já sabemos. Mas ele vai te deixar boquiaberto dessa vez. Em seu mais recente trabalho, o ator dá vida à travesti Clara no videoclipe da música Your Armies, de Barbara Ohana.

Para dar vida à travesti que se vinga do homem que flertou e a espancou, o ator disse que precisou ficar dois meses sem malhar para atenuar os músculos: “Passei as férias andando de salto pela casa para aprender”.

Sua transformação também contou com a ajuda de Marie Salles, figurinista de “A regra do jogo” e do maquiador Max Weber, que já cuidou de tops como Naomi Campbell e Cara Delevingne.

O orçamento do clipe, gravado em abril em São Paulo e lançado neste domingo no site do GLOBO, saiu dos bolsos dos envolvidos, inclusive do de Cauã, que falou um pouco sobre o trabalho para o GLOBO.


Como se preparou para o papel? Quem te inspirou?

Na época da pré-produção, “Garota dinamarquesa” (filme estrelado por Eddie Redmayne sobre a vida da primeira transexual a se submeter a uma cirurgia de mudança de sexo) estava em cartaz, mas eu não quis assistir porque a compleição física do Redmayne é muito diferente da minha. Quando vou criar um personagem, não gosto de ver nada que tenha alguma semelhança de energia com o que eu vou fazer. Mas sempre adorei a atuação do Johnny Depp em “Antes do anoitecer”, com o Javier Bardem. Sempre gosto de ver atores se desafiando. E a ponta que ele faz, como um tenente que se traveste na prisão, é tão tocante... Num espaço tão pequeno, ele faz uma coisa tão rica, é um personagem silencioso, que trabalha com a sensação. Foi o que eu tentei fazer com a Clara.


Quais foram as referências para o clipe?

Trabalhamos com algumas referências, como o clipe de “Pass this on”, do Knife, e eu vi uns outros clipes, como “We exist”, do Arcade Fire. Mas, na verdade, busquei me espelhar no gestual de algumas pessoas que eu conheço, e que tinham a ver comigo, com o meu físico, com a minha onda. Trouxe a (preparadora de elenco) Andréa Cavalcanti para o projeto, e fiz um trabalho bem bacana com ela. Já na reta final de “A regra do jogo”, parei de malhar por uns dois meses para perder os músculos. Apesar de magro, sou um cara de estrutura larga e tentei suavizar meus traços ao máximo. Nas férias também andei todo dia de salto alto em casa, fazia tudo o que tinha que fazer de salto, senão como ia chegar nas gravações e andar com aquele salto 10? Também precisei me acostumar com a peruca. Foi uma experiência muito rica, principalmente para suavizar meu gestual, porque eu sou um cara mais bruto.

Confiram o clipe:



O que acharam do Cauã como Clara?
Quer ficar por dentro de mais novidades? Não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais: Facebook - Instagram - Twitter - YouTube - SNAPCHAT: PortalGleep

0 comentários

Muito obrigado pelo seu comentário! Não deixe de curtir as nossas redes sociais para não perder nenhum conteúdo!!