Silva canta Marisa Monte é um dos álbuns mais lindo de 2016


Em uma de suas visitas despretensiosas à casa de Marisa Monte, Capixaba Silva, cantor e compositor, tocou, sem esperar grandes coisas, uma série de cações compostas pelo próprio durante a criação de seu terceiro disco, "Júpiter" (2015). As belíssimas melodias chamaram a atenção da querida Marisa Monte, a qual pediu para que ele repetisse a dose. E isso foi o suficiente para criar o "assunto do evento". Mais tarde, "Noturna" estava pronta, a letra da música que foi assinada pela própria Marisa, Silva e seu irmão Lucas Silva, ajudaram na composição. A música foi cantada por Silva e Marisa e gravada na casa de Marisa Monte. "Noturna" se transformou no principal atrativo de “Silva canta Marisa”, o disco de tributo que foi lançado na última sexta-feira (18) através das plataformas digitais.


Marisa possui 49 anos e Silva 28, mas isso não atrapalha a relação de composição estabelecida pelos cantores de diferentes gerações do MPB. Silva é fã de Marisa Monte desde seus 12 anos e, quando ouviu o disco "Memórias, crônicas e declarações de amor" que fora lançado em 2000 por Marisa, o jovem escolheu 14 das músicas do álbum para fazer suas próprias versões e releituras com base nas músicas da cantora. Isso que é ter um sonho realizado.


"Silva canta Marisa" já foi considerado o melhor disco de Silva. O álbum já possui 12 músicas, com "Noturna" se destacando das demais, por se tratar de uma joia moderna e contemporânea que parece ter vindo de tempos passados, dando um diferencial às demais músicas. 

0 comentários

Muito obrigado pelo seu comentário! Não deixe de curtir as nossas redes sociais para não perder nenhum conteúdo!!